slideshow
telefone

Corpo de Bombeiros

Corpo de Bombeiros

 

Ser Bombeiro porquê?

 

Trata-se por isso de uma carreira no âmbito do voluntariado que permite uma grande valorização de competências.

 

Bombeiro é o indivíduo que integrado de forma profissional ou voluntária num Corpo de Bombeiros, tem por actividade cumprir as missões destes, nomeadamente a protecção de vidas humanas e bens em perigo, mediante a prevenção e extinção de incêndios, o socorro de feridos, doentes ou náufragos, e a prestação de outros serviços previstos nos regulamentos internos e demais legislação aplicável.

 

Para tal, cada elemento recebe instrução inicial, instrução de acesso e contínua, de forma a habilitar, manter e aperfeiçoar os seus conhecimentos para o desempenho da sua importante missão. Trata-se por isso de uma carreira no âmbito do voluntariado que permite uma grande valorização de competências.

Missão

 

O Corpo de Bombeiros de Baltar está permanentemente preparado para, em conformidade com os pedidos veiculados pelas Autoridades competentes, tomar parte e proceder, na área de actuação própria que lhe está atribuída no concelho de Paredes, ou fora desta, como força principal, ou em reforço, em:

 

· Operações de combate a incêndios, quer urbanos, quer florestais; bem como em acções de socorro às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em outros acidentes, catástrofes, ou calamidades;

 

· Operações de socorro e de transporte de sinistrados e doentes, incluindo a urgência pré-hospitalar;

 

· Acções de prevenção contra incêndios em edifícios públicos, casas de espectáculos e divertimento público e outros recintos, mediante solicitação; e, de acordo com as normas em vigor, nomeadamente durante a realização de eventos com aglomeração de público;

 

· Emissão de pareceres técnicos em matéria de prevenção e segurança contra riscos de incêndio e outros sinistros;

 

· Colaboração noutras actividades de Protecção Civil no âmbito do exercício das funções específicas que lhe forem cometidas; bem como participar noutras acções, para as quais estejam tecnicamente preparados;

 

· Executar actividades de formação, como entidade formadora, disponibilizando uma estrutura formativa de excelência, com uma oferta diversa, colocando à disposição da comunidade, cidadãos, empresas e instituições, o conhecimento de que é detentora, com cursos na área da Emergência Médica, Primeiros Socorros e combate a Incêndios Urbanos e Industriais, bem como Florestais.

Ocorrências

 

facebook faça-se sócio

Notícias

Queres Ser Bombeiro ?

Queres Ser Bombeiro ?


Ser voluntário no Corpo de Bombeiros de Baltar, permite-te dar largas à vontade de ajudar e marcar a diferença.

Ao abraçares esta grande causa estás também a valorizaqr o teu futuro, através de uma formação contínua que te abre perspetivas de progressão de carreira no voluntariado.

Como voluntário no nosso CORPO DE BOMBEIROS tu fazes a diferença. Dá a vida a esta grande causa e valoriza o teu futuro.

Inscreve-te...... 

Bombeiros Voluntários de Baltar 87 anos de Humanismo

Foi no dia de 10 de Fevereiro de 1928 que se criou a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Baltar. José Cunha, Fernando Silva, João Silva, Ruy Marcelino e Bernardo Santos criaram os Bombeiros Voluntários de Baltar.

São 87 anos na defesa de pessoas e bens e na prestação de socorro às vítimas de acidentes e catástrofes. O entusiasmo dos fundadores, o seu sentir humanista, instalou-se nos corações e na ação dos Baltarenses e o feito deu obra e o sonho concretizou-se. Longe vão os tempos das badaladas no sino da Igreja e Capela de Baltar a alertar para o fogo, ou da bomba picota com uns escassos lanços de mangueiras. Hoje existem outros meios, melhores condições, mais segurança. Desses primórdios os Bombeiros de Baltar herdaram as causas, a coragem e a dedicação. Hoje lançam-se a novos desafios e a novos objetivos, sempre com o fim último de melhor servir quem necessita, de apoiar quem mais precisa.

A corporação foi durante muitos anos o principal polo cultural e social de Baltar, pois para além de desempenhar a função para que fora criada, desempenhou, paralelamente uma função cultural e recreativa muito significativa. Foram nas primeiras décadas do século passado e até finais dos anos setenta que os Bombeiros Voluntários Baltar mantiveram no seu seio um papel muito importante na divulgação do teatro popular, realização de bailes para a população e sala de cinema. Esta associação é no presente e continuará a ser no futuro uma referência nos bombeiros do concelho, do distrito e do país, pois tem sabido acompanhar a evolução técnica e operacional e as várias transformações institucionais que tem vivido ao longo destes anos. Dispõe hoje de um quartel sede, heliporto e uma Unidade Local de Formação adequados à sua grandeza, de uma frota de viaturas operacionais vasta e moderna, de um grande património histórico, mas, acima de tudo de um coletivo de homens, mulheres e jovens.

A intervenção da associação ao longo destes oitenta e sete anos, constitui um extraordinário exemplo de abnegação e entrega ao bem comum, de centenas de mulheres e homens que passaram pelas fileiras da corporação durante quase 90 anos de vida. Os Bombeiros Voluntários de Baltar continuam a ser uma referência do concelho e apresentam um nível de ação e desenvolvimento que só está ao alcance das melhores corporações de Portugal.

APRESENTAÇÃO OFICIAL/ PÚBLICA DOS VEÍCULOS COMPARTICIPADOS

Decorreu no passado dia 12 de abril, no Quartel dos BV de Baltar (heliporto) a apresentação oficial/pública dos 25 veículos comparticipados pelo QREN/POVT, para o distrito do Porto que contemplou as seguintes Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários: “Aguda; Amarante; Baião; Baltar; Coimbrões; Crestuma; Felgueiras; Freamunde; Leça do Balio; Lixa; Lordelo; Lousada; Marco de Canaveses; Matosinhos Leça; Moreira Maia; Paço de Sousa; Paredes; Pedrouços; Penafiel; Rebordosa; S. Pedro da Cova; Trofa; Valadares; Valbom e Valongo”. (encontrando-se ainda em fase de adjudicação o veiculo dos Tirsenses).

Terreno Foi Doado aos B.V. de Baltar

Fernando Ermida Moutinho Russo é um baltarense com 85 anos que reside em Lisboa há 54 anos. Este baltarense que mora em Benfica, na cidade de Lisboa, é proveniente de uma das famílias mais antigas de Baltar, “ Os Ermidas “, que habitaram em Baltar desde o século XIV e sempre tiveram destaque na vida da vila. A sua avó foi uma conhecida professora de Baltar, que morava no edifício que fica nas traseiras da Capela de Fagilde.

 

Corpo de Bombeiros Voluntários de Baltar

bvb

Naquele dia longínquo de 10 de Fevereiro de 1928, em Baltar, iniciou a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Baltar a sua honrosa e honrada caminhada na defesa de pessoas e bens e na prestação de socorro às vítimas de acidentes e catástrofes. Teria na altura muito mais necessidades e anseios do que meios para a prestação do socorro às populações do Concelho de Paredes, a que se propunha. Mas a ideia era simultaneamente sonho, necessidade, força e esperança. O entusiasmo dos fundadores, o seu sentir humanista, instalou-se nos corações e na ação dos Baltarenses e o feito deu obra e o sonho concretizou-se.

 

Baltar

Previsão
13.3 º